da rosa, da fénix e do pelicano – António Lopes

da rosa, da fénix e do pelicano – António Lopes

14.84  IVA incl.

Em stock

Compre este produto agora e ganhe 70 Pontos!
Qty:
REF: 0ac3ff74dc0f Categorias: ,

Descrição

da rosa, da fénix e do pelicano – António Lopes

Campo da Comunicação

ZB15/CB

TÍTULO DA OBRA
SINOPSE
Escrever algo que mergulha na poeira dos rituais maçónicos é tão sedutor quanto importante. É a ideia de conhecer e compreender o passado que move qualquer historiador. Mas aquilo que deve motivar qualquer maçon não é repetir mecanicamente e de forma acrítica o ritual, os seus gestos e as suas expressões, mas antes compreender o porquê de cada frase, de cada palavra, descobrindo que, afinal, elas encerram em si a Sabedoria de séculos de pratica maçónica e de convivência humana. Com esta obra, também não se pretende compreender apenas o ritual do 18º grau do Rito Escocês Antigo e Aceito, porque para isso existem já inúmeras publicações, mas antes perceber a lógica filosófica do rito, o porquê de algumas caraterísticas que marcam o ritual e o rito desde os primeiros graus. Ao mesmo tempo pretende-se dar a conhecer a origem e a justificação de alguns passos do ritual, desde o primeiro grau, que entretanto se perderam à medida que nos afastamos no tempo em relação à sua génese. Compreender as ideias subjacentes ao ritual, implicou um relacionamento estreito com a filosofia, com a religião e com a história, nem sempre frequente na vida maçónica, e muitas vezes marcado por zonas escuras onde há carência ou contradição nas fontes. Há, no entanto, algo que satisfaz o mais íntimo de quem escreve: o de descobrir o porquê de alguns passos dos rituais, as alterações que estes conheceram com os anos e da relação daquelas com a política, a sociedade e a cultura do seu tempo.
ANO DE EDIÇÃO: Março, 2013 NÚMERO PÁGINAS: 240 FORMATO: 15,2 X 22,5 cm PESO: 364 gr. ISBN: 978-989-8465-14-6 ENCADERNAÇÃO: brochado
António Lopes (Lisboa,1959) Licenciado em História pela Universidade Nova de Lisboa, mestre em História contemporânea com a tese A Maçonaria Portuguesa e os Açores 1792-1935, doutorando em História com o tema a Maçonaria e os movimentos de oposição ao Estado Novo. Fotografo e criador artístico, professor de história, fotografia e história de arte, comissário e crítico de arte, tem na vertente artística e de gestor cultural uma componente significativa da sua atividade. Diretor do Museu Maçónico Português durante nove anos, tem dedicado à História e à Maçonaria, à sua simbologia e rituais uma parte significativa da sua atividade quer como conferencista, quer como autor. Grande Secretario Geral do Conselho da Ordem do Grande Oriente Lusitano no triénio 2011-2014.

Condição: NOVO! Vários exemplares disponíveis.

 

Informação adicional

Peso 0.401 kg
X